Você está aqui: Página Inicial / Política / Para Dirceu, transferência de presos para Brasília não faz sentido

Política

"Mensalão"

Para Dirceu, transferência de presos para Brasília não faz sentido

por Redação — publicado 16/11/2013 17h30
Advogado de José Genoino também criticou as detenções, já que o deputado deveria cumprir pena em regime semi aberto

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu criticou a viagem dos réus do “mensalão” até Brasília neste sábado 16. Os gastos da viagem com dinheiro público, segundo ele, “não fazem o menor sentido”. A crítica foi testemunhada por uma repórter da Folha de S.Paulo enquanto ele esperava para ser fichado no terceiro andar da sede da Polícia Federal em São Paulo.

A viagem até Brasília é uma determinação do Supremo Tribunal Federal. A ideia é que um juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal decida aonde cada um irá cumprir a sua pena.

A transferência também foi criticada pelo advogado Marco Aurélio Carvalho , defensor do ex-presidente do PT José Genoino. Ele se queixou do encarceramento de deputado sob o argumento de que tanto ele como Dirceu foram condenados ao regime semiaberto e estão, na prática, cumprindo pena em regime fechado.

Dirceu e Genoino embarcaram às 14h15 em um avião da Polícia Federal, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Eles foram transferidos para Brasília junto com sete réus que estavam em Belo Horizonte.