Você está aqui: Página Inicial / Política / Novas contas de Maluf na Suíça são congeladas

Política

Justiça

Novas contas de Maluf na Suíça são congeladas

por Redação Carta Capital — publicado 19/01/2011 16h56, última modificação 19/01/2011 16h56
Decisão acontece dez anos após o Brasil informar o governo suíço sobre movimentações suspeitas do ex-prefeito de São Paulo

Decisão acontece dez anos após o Brasil informar o governo suíço sobre movimentações suspeitas do ex-prefeito de São Paulo

A Justiça suíça aumentou para US$ 13 milhões, mais de 21 milhões em reais, o bloqueio de contas em nome da família do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). A decisão acontece dez anos após o Brasil informar o governo suíço sobre suas movimentações suspeitas quando era prefeito de São Paulo.

Como a justiça não conseguiu condenar Maluf em última instância, o Ministério Público da Suíça não pode devolver o dinheiro. Esse valor é apenas uma parte do que ele teria depositado no paraíso fiscal das Ilhas Jersey, na França, na Suiça e em Luxemburgo. Estima-se que passe de US$ 100 milhões a fortuna que a família teria naqueles países.

Esse dinheiro teria sido fruto do desvio de verbas públicas durante sua gestão em São Paulo nos anos 90. Maluf continua a negar irregularidades em sua gestão como prefeito e a afirmar que nem ele e nem sua família têm contas no exterior.

registrado em: