Você está aqui: Página Inicial / Política / No STF, Peluso nega pedido de soltura de Battisti

Política

Justiça

No STF, Peluso nega pedido de soltura de Battisti

por Redação Carta Capital — publicado 06/01/2011 19h34, última modificação 07/01/2011 10h38
Decisão fica para fevereiro, quando o relator do caso, o ministro Gilmar Mendes, retorna de férias. Da Redação

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, negou o pedido de soltura imediata do ex-ativista italiano Cesare Battisti nesta quinta-feira 6. O ex-presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, em seu último dia de mandato, 31 de dezembro, negou a extradição de Battisti para a Itália.

Os advogados do italiano argumentam que a solicitação era apenas uma formalidade e ele deveria ser solto por conta da decisão presidencial. Peluso determinou, porém, que o processo seja encaminhado ao relator do caso no STF, o ministro Gilmar Mendes, que está de férias e retorna apenas em fevereiro. Battisti permanece detido na Papuda, em Brasília.

registrado em: