Você está aqui: Página Inicial / Política / "Não há crise entre Congresso e STF", diz Lewandowski

Política

Tensão entre poderes

"Não há crise entre Congresso e STF", diz Lewandowski

por Gabriel Bonis publicado 27/05/2013 15h00
De acordo com o ministro, debates são uma demonstração da vitalidade da democracia
Fellipe Sampaio /SCO/STF
ricardo-lewandowski.jpg-6054.html

"Não há crise entre Congresso e STF", diz Ricardo Lewandowski

O ministro Ricardo Lewandowski, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta segunda-feira 27 que haja uma crise entre o STF e o Congresso. Nas últimas semanas, parlamentares têm criticado a Corte por uma suposta ingerência no Legislativo, como a liminar do ministro Gilmar Mendes sobre o projeto de lei que limita a criação de novos partidos e as declarações de Joaquim Barbosa, presidente do Supremo, de que o Brasil teria “partidos de mentirinha”. “Isso é uma demonstração da vitalidade da nossa democracia. Não há crise, apenas opiniões distintas sobre aspetos pontuais”, disse Lewandowski em um evento na Fundação Escola de Sociologia de São Paulo.

O ministro também elogiou a escolha do advogado constitucionalista Luís Roberto Barroso para uma vaga como ministro da Suprema Corte. “Trata-se de um acadêmico de renome nacional e internacional. Um advogado que atuou muito diante do Supremo defendendo grandes causas e questões importantes para a sociedade.”

Barroso, de 55 anos, foi indicado pela presidenta Dilma Rousseff na quarta-feira 22 para a vaga aberta pelo ex-ministro Carlos Ayres Britto. “Sua presença na Corte será muito bem vinda. Ele contribuirá com seu conhecimento e experiência para o avanço das discussões e dos temas relevantes no Supremo”, afirmou Lewandowski.

registrado em: ,