Você está aqui: Página Inicial / Política / Ministro afasta diretor do Dnit

Política

Transportes

Ministro afasta diretor do Dnit

por Agência Brasil publicado 15/07/2011 13h56, última modificação 16/07/2011 11h04
Substituto de Pagot, José Henrique Sadok também é afastado após denúncias de irregularidades

Por Yara Aquino, da Agência Brasil*

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, decidiu, nesta sexta-feira 15, afastar temporariamente o diretor executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), José Henrique Sadok. Ele estava respondendo interinamente pela diretoria-geral do órgão, em substituição a Luiz Antônio Pagot, que tirou férias após ter o nome envolvido em denúncias sobre um esquema de cobrança de propina no Ministério dos Transportes.

Em nota, o ministro Paulo Sérgio Passos informou que também constituiu comissão de processo administrativo disciplinar para apurar os fatos noticiados na edição de hoje do jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo a matéria, a Construtora Araújo Ltda, da esposa de Sadok, Ana Paula Batista Araújo, tem contratos que somam pelo menos R$ 18 milhões para obras em rodovias federais entre 2006 e 2011, todas vinculadas a convênios com o Dnit.

De acordo com o jornal, a construtora de Ana Paula é responsável por obras em rodovias de Roraima e os contratos tiveram aditivos que aumentam prazos e valores. Sadok disse ao jornal que os contratos são com o governo de Roraima e que foram realizados por meio de licitação.

Na última segunda-feira (12), o ministro dos Transportes disse que começaria sua gestão fazendo “ajustes” na pasta, o que incluira a troca de nomes do comando de órgãos ligados ao ministério e mudanças na forma de contratação de projetos para evitar irregularidades.

As mudanças nos Transportes começaram após denúncias publicadas pela revista Veja sobre um esquema de cobrança de propinas no ministério. As denúncias levaram o então ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, pedir demissão do cargo, que agora é ocupado por Paulo Sérgio Passos.

*publicado originalmente pela Agência Brasil