Você está aqui: Página Inicial / Política / Reportagem é "fantasiosa", diz Lula

Política

"Barbeiragem"

Reportagem é "fantasiosa", diz Lula

por Redação — publicado 28/06/2013 13h21, última modificação 28/06/2013 13h32
O ex-presidente nega ter criticado a articulação de Dilma em anúncio sobre reforma política
Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr
lula.jpg-5690.html

Ex-presidente chamou reportagem do jornal Folha de S.Paulo, publicada nesta sexta-feira 28, de “fantasiosa”

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou de “fantasiosa” uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo que atribui a ele uma série de críticas à articulação do governo federal para convocar uma Constituinte exclusiva sobre a reforma política. Segundo a reportagem, publicada nesta sexta-feira 28, ele teria classificado como “barbeiragem” o anúncio e consequente recuo sobre a proposta.

Segundo o jornal, Lula reclamou com petistas da estratégia e também do recuo da proposta. “São fantasiosas, sem qualquer base real, as opiniões que me foram atribuídas. Não fiz qualquer crítica nem em público, nem em privado à atuação da presidenta Dilma Rousseff nos recentes episódios. Ao contrário, minha convicção é de que a companheira Dilma vem liderando o governo e o país com grande competência e firmeza, ouvindo a voz das ruas”, disse, em nota.

Lula, disse a Folha, teria criticado a consulta ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) sobre o plebiscito antes de o governo conversar com o vice-presidente Michel Temer (PMDB) e outros aliados. O petista teria telefonado para o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, reclamando da proposta de instalação de uma constituinte sobre a reforma política.

Na nota, o ex-presidente afirmou ainda que a sucessora “mostrou extraordinária sensibilidade ao propor a convocação de um plebiscito sobre a reforma política”. “A iniciativa tem o mérito de romper o impasse nessa questão decisiva, que há décadas vem entrando e saindo da agenda nacional, sem lograr mudanças significativas. Ouvindo o povo, nosso sistema político poderá se renovar e aperfeiçoar.”