Você está aqui: Página Inicial / Política / Jader Barbalho renuncia

Política

Corrupção

Jader Barbalho renuncia

por Redação Carta Capital — publicado 30/11/2010 16h52, última modificação 30/11/2010 17h40
Deputado foi considerado inelegível com base na Lei da Ficha Limpa por manobra para evitar cassação em 2001. No pleito de 2010, ele foi o segundo mais votado para o Senado no Pará

Deputado foi considerado inelegível com base na Lei da Ficha Limpa por manobra para evitar cassação em 2001. No pleito de 2010, ele foi o segundo mais votado para o Senado no Pará

O deputado federal Jader Barbalho (PMDB-PA) renunciou ao seu mandato nesta terça-feira 30. Durante a manhã, o secretário-geral da Mesa Diretora, Mozart Viana de Paiva, confirmou ter recebido uma carta de renúncia do parlamentar.

Jader Barbalho foi considerado inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base na Lei da Ficha Limpa, pela renúncia de seu mandato como senador em 2001 para evitar cassação por envolvimento em investigação sobre desvio de dinheiro público no Banpará e na Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia). Em 27 de outubro, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão do TSE. Com a anulação dos votos recebido na disputa ao Senado em 2010, foram eleitos o tucano Fernando Flexa Ribeiro e Marinor Brito (PSOL). Na ocasião, Barbalho recebeu quase 1,8 milhão de votos, ficando em segundo lugar no estado.

A suplente de Barbalho é Ann Pontes (PMDB-PA)

registrado em: