Você está aqui: Página Inicial / Política / Investigação de corrupção na Petrobras muda Brasil para sempre, diz Dilma

Política

Escândalo na Petrobras

Investigação de corrupção na Petrobras muda Brasil para sempre, diz Dilma

por Redação — publicado 16/11/2014 10h10, última modificação 16/11/2014 10h14
Na reunião do G20, presidenta afirma que escândalo "vai acabar com a impunidade” ao enquadrar corruptos e corruptores
Roberto Stuckert Filho/PR
Dilma.jpg

Presidenta Dilma Rousseff cumprimenta o Primeiro-Ministro da Comunidade da Austrália, Tony Abbott

Na Austrália para a reunião do G20, a presidenta Dilma Roussef comentou neste domingo 16 os desdobramentos da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Segundo a mandatária, o escândalo de corrupção na Petrobrás "mudará para sempre a relação entre a sociedade brasileira, o Estado brasileiro e a empresa privada”, pois a investigação “não é engavetável” e "vai acabar com a impunidade” ao enquadrar corruptos e corruptores.

“A questão da Petrobras é uma questão simbólica para o Brasil. É a primeira investigação efetiva sobre corrupção no Brasil que envolve segmentos privados e públicos. A primeira. E que vai a fundo”, disse antes de deixar a cúpula da reunião das 20 maiores economias do mundo.

Dilma afirmou ainda que este não é o primeiro caso de corrupção no Brasil, mas o "primeiro escândalo da nossa história que é investigado” e que jogará a "luz do sol sobre todos os processos de corrupção”.

A presidenta afirmou que é preciso ter cuidado para não “demonizar” todas as empreiteiras do Brasil. Empresas do setor com contratos milionários com a Petrobras estão sendo investigadas por envolvimento no esquema de corrupção da estatal. Executivos do alto escalão da OAS e Camargo Côrrea, por exemplo, foram presos pela PF. “São grandes empresas e, se A, B, C ou D praticaram malfeitos, pagarão por isso. Agora, isso não significa que a gente vai colocar um carimbo na empresa”, disse Dilma.

registrado em: ,