Você está aqui: Página Inicial / Política / Ex-presidente Itamar Franco morre em SP

Política

Luto

Ex-presidente Itamar Franco morre em SP

por Redação Carta Capital — publicado 02/07/2011 11h37, última modificação 03/07/2011 18h34
Ele estava internado desde o dia 21 de maio no Hospital Albert Einstein para tratamento de leucemia. O corpo é velado em Juiz de Fora. A cremação deve acontecer nesta segunda-feira em Belo Horinzonte

Morreu neste sábado 2, aos 81 anos, o senador e ex-presidente da República Itamar Franco. Ele estava internado desde o dia 21 de maio no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de uma leucemia descoberta no início do ano. Segundo o hospital, o tratamento quimioterápico contra a leucemia surtiu efeito, mas, posteriormente, o senador contraiu uma pneumonia, que se agravou.

A presidenta Dilma Rousseff divulgou nota oficial lamentando a morte do senador e ex-presidente. Segundo ela, Itamar presidiu o país em um momento crucial e deixou uma trajetória exemplar de honradez pública.

"Foi com tristeza que recebi a notícia do falecimento do senador e ex-presidente Itamar Franco. Dirigente do país em um momento crucial da nossa história recente, o presidente Itamar nos deixa uma trajetória exemplar de honradez pública. O Brasil e Minas sentirão a sua falta. Neste momento de dor, quero transmitir meus sentimentos a seus familiares e amigos”, disse a presidenta, na nota.

Segundo a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, haverá luto oficial de sete dias e a presidenta irá ao velório de Itamar, em Juiz de Fora, ainda sem data definida. Dilma ofereceu à família de Itamar o Palácio do Planalto para a realização do velório, mas o desejo do ex-presidente era ser velado em seu estado natal, Minas Gerais. Haverá dois velórios: um em Juiz de Fora, e outro em Belo Horizonte.

Eleito vice-presidente da República pelo PRN, Itamar assumiu a Presidência da República em 29 de novembro de 1992, após curta interinidade na chefia do governo, que assumira na condição de substituto legal, após a aprovação, pelo Congresso, do impeachment do então presidente Fernando Collor. Dois anos depois, seria elaborado em seu governo o Plano Real, de controle inflacionário da Nova República, montado pelo então ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso.

Baiano de nascimento, Itamar Augusto Cautiero Franco, órfão de pai, com poucos meses foi com a mãe para Juiz de Fora, onde viveu, estudou e formou-se em Engenharia Civil e Eletrotécnica, em 1954. Já na vida universitária começou a participar da política estudantil, e também de atividades e entidades esportivas, gradativamente evoluindo para a participação direta na política.

Itamar Franco foi também governador de Minas Gerais, prefeito de Juiz de Fora e Senador da República.

O corpo de Itamar Franco será cremado em Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, nesta segunda-feira 4.

.

Com informações da Agência Brasil

registrado em: