Você está aqui: Página Inicial / Política / Dilma tem melhor desempenho no Nordeste

Política

Eleições 2014

Dilma tem melhor desempenho no Nordeste

por Redação — publicado 15/10/2013 21h19, última modificação 15/10/2013 21h43
Na base eleitoral de Eduardo Campos, a presidenta tem 57% das intenções de voto, seu melhor desempenho

Base eleitoral de Eduardo Campos, provável candidato do PSB à Presidência da República, o Nordeste é a região onde a presidenta Dilma Rousseff venceria com mais folga a eleição em 2014 se a disputa fosse hoje. De acordo com a pesquisa Vox Populi/CartaCapital divulgada nesta terça-feira 15, a petista seria eleita no primeiro turno com 43% dos votos em um cenário contra Aécio Neves (PSDB), com 20%, e Eduardo Campos (PSB), com 10%.

Entre os eleitores do Nordeste, Dilma chega, porém, a 57% das intenções de voto. Na região, o governador de Pernambuco alcançaria 16%, sua melhor marca, embora insuficiente para levá-lo ao segundo turno. O Nordeste é onde o senador mineiro tem menos apoio: 12%. É também a região onde, neste cenário, menos eleitores se declaram indecisos: 4%, contra 16% do Centro-Oeste/Norte. A margem de erro é de 2,1 pontos percentuais para cima ou para baixo.

Aécio cresce no sudeste

Ainda segundo o levantamento, o pior desempenho de Dilma é registrado no Sudeste, onde ela é citada por 35% dos eleitores. É no Sudeste que Aécio, governador de Minas Gerais entre 2002 e 2010, reúne mais apoio: 24%. Campos, por sua vez, é citado por 9% dos eleitores nesta região. Com os números, a disputa ficaria empatada no Sudeste.

Em São Paulo, maior colégio eleitoral do País, Dilma também soma 35% das intenções de voto no cenário mais provável para 2014. Aécio tem 18% e Campos, 10%. 

Quando a pesquisa substitui o nome de Aécio pelo de José Serra (PSDB) e mantém Campos na disputa, Dilma obém 53% das citações no Nordeste, contra 18% do ex-governador paulista e 17% do pernambucano. No Sudeste, a presidenta teria 37% dos votos, contra 21% do tucano e 10% do pessebista. Em São Paulo, a disputa ficaria tecnicamente empatada: Dilma soma 33%, contra 25% de Serra e 11% de Campos.

No cenário com a ex-senadora Marina Silva, recém-filiada ao PSB, Dilma manteria o apoio no Nordeste. Ela receberia 55% dos votos na região, contra 24% da ex-ministra e 9% de Aécio. Em uma eventual disputa contraSerra e a ex-senadora, a presidenta atingiria 52% entre os eleitores nodestinos. Marina teria 22% e Serra, 15%. No Sudeste, Dilma é citada por 35% dos eleitores neste cenário, contra 24% de Marina e 19% de Serra – juntos, eles teriam mais votos que a petista na região.

A pesquisa Vox Populi / CartaCapital entrevistou 2,2 mil eleitores em 179 municípios entre 11 e 13 de outubro.