Você está aqui: Página Inicial / Política / Comissão da Verdade faz audiência pública para ouvir vítimas em Foz do Iguaçu

Política

Ditadura

Comissão da Verdade faz audiência pública para ouvir vítimas em Foz do Iguaçu

por Redação — publicado 27/06/2013 08h27, última modificação 27/06/2013 10h07
Sessão terá depoimentos de agentes que atuaram na chacina de Medianeira, no Parque Nacional de Foz do Iguaçu
Divulgação/ CNV
cnv foz do iguaçu

Massacre teve entre as vítimas o ex-sargento do Exército brasileiro Onofre Pinto, que foi torturado até a morte

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) e a Comissão Estadual da Verdade do Paraná (CEV-PR) fazem nesta quinta-feira 27 audiência pública na  Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, para ouvir vítimas e testemunhas de graves violações de direitos humanos ocorridas na região da tríplice fronteira durante a ditadura militar.

A sessão será presidida por Rosa Cardoso, coordenadora da CNV, e o presidente da Comissão Estadual da Verdade do Paraná, Pedro Bodê.

Na audiência serão ouvidas vítimas e agentes da repressão que atuaram na chacina de Medianeira, ocorrida na estrada do Colono, no Parque Nacional de Foz do Iguaçu. No local, cinco deles foram mortos. O ex-sargento do Exército brasileiro Onofre Pinto foi levado vivo e torturado em Foz até a morte. Seu corpo, vilipendiado, foi jogado em uma área hoje coberta pelo lago de Itaipu.

Será retomado também o caso do sequestro dos exilados paraguaios no Brasil, Rodolfo Mongelos e Anibal Abbate Soley, Cesar Cabral e Alejandro Stumpfs, torturados em um sítio em Goiás.

No dia 28 pela manhã, também na Câmara de Vereadores de Foz, será ouvido o coordenador do Movimento de Justiça e Direitos Humanos, Jair Krischke, que falará sobre a Operação Condor.

Assista ao vivo à transmissão da audiência: