Você está aqui: Página Inicial / Política / Câmara dá primeiro passo para abrir CPI dos Transportes

Política

São Paulo

Câmara dá primeiro passo para abrir CPI dos Transportes

por Redação — publicado 26/06/2013 17h30
Vereadores aprovaram criação de terceira comissão de inquérito na casa, tema deve ser escolhido nesta quinta

A Câmara dos Vereadores de São Paulo deu o primeiro passo para a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar os gastos públicos com transporte na cidade. Os vereadores aprovaram por unanimidade nesta quarta-feira 26 o pedido de abrir uma terceira comissão de investigação na casa.

Na quinta-feira 27, os vereadores devem escolher uma CPI a ser aberta. Há três pedidos de abertura de comissões para investigar o setor de transportes. Um é do vereador Paulo Frange (PTB), outro de Ricardo Young (PPS) e o último de Paulo Fiorilo (PT). A oposição dá como certa a aprovação de uma CPI comandada pelos integrantes do governo. "Será uma CPI chapa-branca, não abrirá a caixa preta. Peço para que o Ministério Público acompanhe a comissão," disse Ricardo Young (PPS).

As manifestações contra o aumento das tarifas do ônibus e do metrô em São Paulo e outras cidades, iniciadas em 6 de junho, foram o estopim para as grandes manifestações no país nas últimas três semanas.

Durante a seção desta quarta, um grupo de manifestantes favoráveis à criação da CPI fechou parte do viaduto Jacareí para pressionar os vereadores. As galerias do plenário estavam cheias e cerca de 200 pessoas acompanhavam o trabalho do plenário em um telão colocado do lado de fora da casa.

Há outras duas CPIs em funcionamento na Casa. Uma investiga a prostituição infantil e outra as irregularidades com estacionamentos na cidade.

registrado em: