Você está aqui: Página Inicial / Política / Brasil perdoa 900 milhões de dólares em dívidas de países africanos

Política

África

Brasil perdoa 900 milhões de dólares em dívidas de países africanos

por AFP — publicado 25/05/2013 15h32
Medida anunciada durante as celebrações dos 50 anos da União Africana visa reforçar relação do País com o continente
Simon Maina/AFP
dilma.jpg-7512.html

Brasil perdoa 900 milhões de dólares em dívidas

ADIS ABEBA (AFP) - A Presidência da República anunciou neste sábado 25, em Addis Abeba, na Etiópia, a anulação de 900 milhões de dólares em dívidas de 12 países africanos, durante as celebrações do cinquentenário da unidade africana. "Manter relações especiais com a África é estratégico para a política externa brasileira," explicou à imprensa o porta-voz da presidenta Dilma Rousseff, Thomas Traumann.

Dilma foi a Addis Abeba para as celebrações, em sua terceira viagem à África em três meses.

Dos 12 países que terão suas dívidas perdoadas, os principais beneficiados serão a República do Congo (Brazzaville), com uma dívida de 352 milhões de dólares cancelada, e a Tanzânia, com 237 milhões. Entre os outros países a serem beneficiados estão Costa do Marfim, Gabão, Guiné, Guiné-Bissau, República Democrática do Congo e São Tomé e Príncipe.

Traumann explicou que a medida é destinada a dinamizar as relações econômicas entre o Brasil e a África, continente que tem registrado forte crescimento econômico.

Dilma está entre os líderes mundiais que participam do jubileu de criação da Organização da Unidade Africana (OUA), substituída em 2002 pela União Africana e com sede na capital etíope.

Também participaram das celebrações o presidente francês François Hollande, o secretário de Estado americano John Kerry, o vice-primeiro-ministro chinês Wang Yang e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Segundo o governo brasileiro, as trocas comerciais entre o Brasil e o continente africano foram de 25 bilhões de dólares em 2012.

Leia mais em AFP Movel.

registrado em: ,