Você está aqui: Página Inicial / Política / Regulamentação da prostituição divide internautas

Política

Enquete - Carta Capital

Regulamentação da prostituição divide internautas

por Redação — publicado 13/12/2013 15h50
Metade do público vê com bons olhos a profissionalização; a outra metade acredita que a medida favorece a exploração do corpo

O site da CartaCapital perguntou: "O que você acha do projeto de lei do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) para regulamentar o trabalho das/dos profissionais do sexo?"

Entre os dias 6 a 12 de dezembro, 11.308 pessoas participaram da enquete. O resultado mostra que não há consenso sobre o tema: para 5.887 leitores (pouco mais de 50%), o projeto é uma ação positiva, sem falso moralismo, e que trará mais dignidade ao trabalho das prostitutas.

Outros 5.750 participantes (pouco menos da metade), no entanto, veem como retrocesso assumir que o corpo desses profissionais seja tratado como mercadoria. Para eles, tal medida permite a prática da exploração sexual.

A nova enquete já está no ar: o que você acha da proibição, pela Justiça, de doação de empresas para campanhas eleitorais?

Participe!