Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Na Lituânia, conscientização no trânsito se faz “no braço”

Internacional

Europa

Na Lituânia, conscientização no trânsito se faz “no braço”

por Redação Carta Capital — publicado 03/08/2011 09h56, última modificação 05/08/2011 17h38
Prefeito da capital da Lituânia inova na conscientização contra automóveis estacionados ilegalmente em ciclovias: “se parar ai, passo com um blindado por cima do seu carro”.
Na Lituânia, cidadania no trânsito se faz "no braço"

Prefeito da capital da país inova em campanha pela conscientização contra automóveis estacionados ilegalmente em ciclovias. Foto: Divulgação

Arturas Zuokas, prefeito de Vilna, capital da Lituânia, organiza uma curiosa campanha pela educação no trânsito em sua cidade. Eleito em fevereiro deste ano para o cargo para o qual já ocupou entre 2000 e 2007, ele realizou um vídeo de conscientização para motoristas que estacionam seus veículos ilegalmente na cidade. Na verdade, o público-alvo era um pouco mais específico: há meses a prefeitura recebia reclamações de carros de luxo estacionados em ciclovias da capital.

Zuokas, que antes de entrar para a política foi repórter de guerra, aparece no filme em cima de um blindado que esmaga uma Mercedes Benz estacionada em uma cliclofaixa. “Isso é o que acontecerá se você estacionar seu carro em local proibido”, diz o prefeito em tom ameaçador.

Diante de um ator que faz às vezes de dono endinheirado do possante – vestido de modo que facilmente seria confundido com qualquer capanga do filme Scarface – Zuokas é ainda mais enfático: “Da próxima vez, estacione seu carro em um lugar apropriado”.

Foi precisamente o carisma de Zuokas que lhe garantiu o retorno a prefeitura da cidade. Seu adversário no pleito de fevereiro, o conservador prefeito Raimundas Alenka, era bem avaliado pela população da cidade e tinha bom trânsito entre membros do EAPL, partido que representa a minoria polonesa no país. “Mas faltava a ele o carisma político que Zuokas tem”, escreve o Centre for Easter Studies.

Os cidadãos de Vilna escolheram por um candidato lembrado por modernizar a cidade em seu primeiro mandato, com a construção de pólos comerciais. Durante a campanha, entretanto, ele foi acusado de, com isso, priorizar o interesse de círculos específicos do empresariado da capital.

Veja o vídeo da campanha do prefeito contra os carros que estacionam em local proibido: