Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Presidente da Bolívia alcança 60% dos votos na apuração oficial

Internacional

Reeleição

Presidente da Bolívia alcança 60% dos votos na apuração oficial

por AFP — publicado 16/10/2014 15h57
Com 90,94% das urnas abertas, Evo Morales conseguiu vantagem de 35% em relação ao segundo candidato mais votado e segue para terceiro mandato
CRIS BOURONCLE/AFP
Evo Morales reeleito

Evo Morales conseguiu ampla vantagem em relação ao segundo colocado

O presidente boliviano e candidato à reeleição, Evo Morales, chegou a 60% dos votos na apuração oficial, o que lhe garante o terceiro mandato (2015-2020), e está a um passo de garantir o controle do Congresso, anunciou o tribunal eleitoral.

Morales conseguiu uma vitória folgada sobre a oposição, com uma vantagem de 35% para o segundo candidato mais votado, o empresário de centro Samuel Doria Medina, que recebeu 24,98% dos votos. O ex-presidente liberal Jorge Quiroga teve 9,41%.

O social-democrata Movimento Sem Medo (MSM), que apoiou a candidatura do advogado Juan del Granado, e o Partido Verde (PV), do indígena Fernando Vargas, correm o risco de perder a presença no cenário político, pois nenhum conseguiu superar o mínimo de 3% dos votos exigidos pela lei.

A apuração oficial está em 90,94% das urnas, pois alguns locais terão uma nova votação após impugnações por diversas irregularidades, segundo o tribunal eleitoral.

Um comunicado dos bispos católicos cita "denúncias de irregularidades graves na apuração oficial dos votos, fatos que inevitavelmente provocam dúvidas e suscetibilidades sobre o processo eleitoral".

As pesquisas de boca de urna divulgadas domingo apontaram uma vitória de Morales com mais de 60% dos votos.

Com 10% dos votos por apurar, o partido Movimento Ao Socialismo (MAS) também avança para o controle de dois terços do Congresso bicameral.

Segundo estimativas preliminares, o MAS controla o Senado, mas ainda precisa de uma cadeira para conquistar dois terços da Câmara dos Deputados.

A Assembleia Legislativa Plurinacional está composta por 36 senadores e 130 deputados.

registrado em: , ,