Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Papa homenageia Mandela por "construção de uma nova África do Sul"

Internacional

Luto

Papa homenageia Mandela por "construção de uma nova África do Sul"

por Agência Brasil publicado 06/12/2013 12h31
Francisco diz rezar para que o exemplo de Mandela inspire gerações de sul-africanos em colocar a justiça e o bem comum à frente das ambições políticas

O papa Francisco prestou nesta sexta-feira 6 homenagem ao líder Nelson Mandela por ter construído uma nova África do Sul e disse que espera que o exemplo dele inspire o país a lutar pela justiça e o bem comum. Em um telegrama enviado ao presidente sul-africano, Jacob Zuma, o pontífice elogiou o empenho mostrado por Nelson Mandela na defesa da dignidade humana para todos os cidadãos da nação e na construção de um novo país com base no fim da violência, na reconciliação e na verdade.

"Rezo para que o exemplo [de Mandela] inspire gerações de sul-africanos em colocar a justiça e o bem comum à frente das ambições políticas. Foi com tristeza que tomei conhecimento da morte e enviei condolências e orações a família Mandela, aos membros do governo e ao povo da África do Sul. "Peço a Deus que console e dê força a todos os que choram a morte", disse o papa.

A morte de Nelson Mandela, aos 95 anos, foi anunciada na na quinta-feira 5 à noite por Jacob Zuma motivando de imediato uma série de reações de pesar provenientes de diversas personalidades e instituições de vários setores de todo o mundo.

“A nossa nação perdeu o maior dos seus filhos”, disse o presidente Jacob Zuma. De acordo com ele, a bandeira sul-africana permanecerá a meio mastro a partir desta sexta-feira até o funeral de Mandela, que terá honras de chefe de Estado. A data da cerimônia ainda não é conhecida, mas deverá ser informada ainda hoje.

Mandela foi o primeiro presidente negro da África do Sul, entre 1994 e 1999. Ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1993. Mandela morreu vítima de complicações respiratórias.

registrado em: ,