Você está aqui: Página Inicial / Internacional / NY reconhece casamento gay

Internacional

LGBT

NY reconhece casamento gay

por Redação Carta Capital — publicado 24/07/2011 20h17, última modificação 24/07/2011 20h20
Estado de quase 20 milhões de pessoas é o sexto a reconhecer o casamento entre pessoas do mesmo sexo nos EUA

O estado de Nova York tornou-se, neste domingo 24, o sexto estado norte-americano a reconhecer o casamento homossexual. Poucos segundos após a meia-noite, Dalle Getto e Barbara Laven foram oficializadas como o primeiro casal a realizar a união no estado de 19,4 milhões de pessoas. Os demais estados onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo é permitido são Iowa, Massachusetts, Connecticut, Vermont, New Hampshire e também à capital federal.

Na cidade de Nova York, houve uma verdadeira avalanche de cerimônias, ao ponto de o prefeito Michael Bloomberg ter de organizar uma loteria que selecionou os 764 casais que se casaram ao longo do dia. Trata-se de uma importância vitória do movimento gay, uma vez que foi na cidade onde, em 1969, ocorreu o início formal do movimento de luta pelos direitos dos homossexuais. Naquele ano, houve o enfrentamento entre policiais e os frequentadores do bar Stonewall Inn, um dos poucos estabelecimentos que aceitavam pessoas abertamente gays nos anos 60.

Com o reconhecimento de Nova York, existe agora uma área nos Estados Unidos com 35,5 milhões de habitantes onde o casamento gay é permitido. O problema é uma lei federal, chamada de Defesa do Matrimônio e aprovada pelos Republicanos em 1996, que desconsidera a união homossexual no âmbito nacional. Entretanto, o presidente Barack Obama expressou seu apoio nesta semana a revogação dessa lei.

Os casamentos deste domingo são o desfecho de uma batalha judicial no estado que durou anos. Em 24 de junho, o Senado estadual aprovou por 33 votos a 29 o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A lei foi sancionada pelo governador Andrew Cuomo e foram 30 dias de espera até que fosse efetivada.

registrado em: