Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Farc recrutaram 13.000 menores em meio século de conflito

Internacional

Colômbia

Farc recrutaram 13.000 menores em meio século de conflito

por AFP — publicado 24/09/2013 09h42, última modificação 24/09/2013 10h00
Número foi resultado de uma investigação da promotoria colombiana. Desde 1964, as Farc envolveram crianças de até 8 anos em suas tarefas, que envolviam patrulha e apoio urbano
Luis Robayo / AFP
Farc

Uma criança observa um batalhão das Farc, em 4 de junho de 2012, em Caloto

As Farc recrutaram 13.000 menores de idade desde sua fundação, há 49 anos, segundo uma investigação da promotoria colombiana, que prepara acusações contra os chefes da guerrilha comunista por este crime.

"De acordo com um estudo feito com a Unidade de Análises e Contexto, aproximadamente 13.000 menores de idade foram vinculados pelas Farc as suas fileiras", disse o promotor coordenador da Unidade de Justiça e Paz, Leonardo Cabana, em uma entrevista ao jornal El Espectador publicada nesta segunda-feira 23.

O funcionário disse que este número corresponde a alistamentos realizados desde 1964, que envolveram crianças de até oito anos que recebiam tarefas de patrulha e apoio urbano.

Embora os diferentes grupos que intervêm no conflito tenham recrutado menores, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) - atualmente envolvidas em um processo de paz com o governo - são as que mais atraíram menores as suas fileiras, disse Cabana.

Esta prática se estendeu a 31 dos 32 departamentos do país, acrescentou o funcionário, indicando que, por isso, a promotoria leva adiante 5.075 investigações.

Leia mais em AFP Móvel

registrado em: ,