Você está aqui: Página Inicial / Internacional / ElBaradei é nomeado primeiro-ministro do Egito

Internacional

Pós-golpe

ElBaradei é nomeado primeiro-ministro do Egito

por — publicado 06/07/2013 15h20, última modificação 06/07/2013 16h48
Mohammed ElBaradei foi nomeado neste sábado, três dias após o exército derrubar Mursi. Nobel da Paz em 2005, Baradei era forte opositor do ex-ditador Mubarak
AFP
baradei ok.jpg

Baradei foi nomeado três dias após o golpe militar

CAIRO (AFP) - Mohammed ElBaradei foi nomeado neste sábado primeiro-ministro do Egito, três dias depois de o exército derrubar Mohamed Mursi, anunciou o movimento Tamarod, que esteve na origem das manifestações contra o presidente islamita.

Uma fonte militar disse à AFP que ElBaradei, ex-chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), prestará juramento ainda neste sábado.

A agência estatal de notícias Mena indicou, por sua vez, que ElBaradei se reuniu mais cedo com o presidente interino, Adly Mansour.

Na terça-feira, a oposição, integrada, entre outros, pelo Tamarod, havia designado ElBaradei como seu representante durante a transição política após a expulsão de Mursi.

O mapa do caminho, elaborado pelo exército, pela oposição e pelos principais líderes religiosos do país, estabelece a nomeação de um governo interino "dotado de plenos poderes" antes da realização de eleições presidenciais e legislativas em uma data que ainda não foi informada.

Mohammed ElBaradei, prêmio Nobel da Paz em 2005 por seu trabalho na AIEA, retornou ao Egito em 2010 para participar da oposição ao regime de Mubarak.

ElBaradei apoiou ativamente o levante contra Mubarak em janeiro e fevereiro de 2011 e depois se posicionou como uma das figuras chave do movimento laico e liberal que atualmente exige a saída de Mursi e a organização de eleições presidenciais