Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Bin Laden foi assassinado depois de captura, afirma filha do terrorista

Internacional

Operação dos EUA

Bin Laden foi assassinado depois de captura, afirma filha do terrorista

por Redação Carta Capital — publicado 04/05/2011 10h21, última modificação 04/05/2011 16h37
A menina de 12 anos disse a guardas paquistaneses que seu pai foi pego nos primeiros minutos da operação efetuada por soldados americanos

A filha de Osama Bin Laden afirmou que seu pai foi assassinado por soldados americanos depois de ter sido capturado com vida. A informação foi repassada por um oficial da guarda paquistanesa e publicada pela rede Al Arabya. O líder da rede Al-Qaeda, segundo o militar, foi preso durante os primeiros minutos da operação organizada pela CIA, na casa em que estava abrigado com a família em Abbottabad.

Depois que as forças dos Estados Unidos abandonaram o local, a guarda paquistanesa entrou na casa e, além de quatro corpos baleados, encontrou duas mulheres e seis crianças entre 2 e 12 anos. Sob custódia da segurança paquistanesa, a filha de 12 anos de Bin Laden teria declarado que seu pai havia sido morto na frente dos demais familiares.

Os parentes e demais integrantes da casa foram transferidos para o hospital militar da cidade de Rawalpindi, onde se encontram sob tratamento. Além das crianças, a esposa de Osama e uma suposta médica do terrorista foram levadas de helicóptero.

Atribui-se um dos corpos deixados na casa a uma das mulheres de Osama que teria tentado protegê-lo dos tiros e acabou morta. Além disso, dos dois corpos levados pelas tropas americanas, um deles era do filho de Bin Laden. As forças americanas alegam que ele teria sido levado com vida para tratamento médico, mas fontes paquistanesas afirmam que o homem estava morto.