Você está aqui: Página Inicial / Eventos / 'Educadores contra o crack'

Eventos

05.08.2011

'Educadores contra o crack'

por Redação Carta Capital — publicado 18/08/2011 11h18, última modificação 06/12/2011 11h57
Confira os vídeos do seminário sobre políticas públicas para tratar o vício no país

Na sexta-feira 5 a revista CartaCapital promoveu mais um evento da série Diálogos Capitais. O seminário "Educadores contra o crack" discutiu, com o patrocínio da Petrobras, as políticas públicas para tratar o vício no país, além de apresentar dados alarmantes sobre o consumo da droga no Brasil.

Participaram do debate a secretária-adjunta da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), Paulina Duarte, o médico psiquiatra Datiu Xavier, diretor do Programa de Orientação e Assistência a Dependentes (Proad), Luiz Ratton, coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Criminalidade da UFPE, e Thiago Fidalgo, médico da Unifesp e pesquisador da Universidade de Harvard.

Veja a palestra de Paulina Duarte:
Clique  para a apresentação em PDF utilizada no evento
[stream provider=youtube flv=http%3A//www.youtube.com/watch%3Fv%3Dve47Oxtj4t4 img=x:/img.youtube.com/vi/ve47Oxtj4t4/0.jpg embed=false share=false width=480 height=320 dock=true controlbar=over bandwidth=high autostart=false/]

Paulina apresentou um histórico da política de enfrentamento ao consumo da droga no país e a mudança de perspectiva que se deu nos últimos anos. Ela trouxe dados sobre o uso de drogas nas escolas e universidades. Uma pesquisa feita com alunos do ensino superior constatou que apenas .

Segundo a secretária, 90% da política do Governo Federal foi transformada a partir de 2004, ano em que a política nacional anti-drogas se tornou a política nacional sobre drogas, mudando completamente o enfoque da atuação.

Dartiu Xavier informou que 77, 3% dos dependentes de drogas dos grupos de pesquisas que coordena possuiam depressão anterior ao uso e começaram a utilizá-las para justamente um auto-tratamento de uma depressão muitas vezes não diagnosticada. “A maioria dos pacientes começa a se drogar para se auto edicar, usa o álcool como se fosse um remédio”, disse. Ele também é totalmente contra internação compulsória. “Pessoas que sao internadas contra a própria vontade tem 90% menos chance de sucesso daqueles que são internados porque querem”, afirma.

Veja a participação de Dartiu Xavier no evento:
Clique  para ler a íntegra do documento apresentado por Dartiu Xavier durante o evento
[stream provider=youtube flv=http%3A//www.youtube.com/watch%3Fv%3D_V-tZufjr1E img=x:/img.youtube.com/vi/_V-tZufjr1E/0.jpg embed=false share=false width=480 height=320 dock=true controlbar=over bandwidth=high autostart=false/]

Luiz Ratton, coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Criminalidade, Violência e Políticas Públicas de Segurança da UFPE e assessor especial do governo de Pernambuco para Planejamento Estratégico de Ações de Segurança, informou que 70 mil pessoas presas tinham sido presas no País vinculadas a uma situação de venda de pequenas quantidades de drogas, sem antecêdência criminal e sem armas de fogo.”Isso pode ter efeito perverso de ampliar universo prisional. A saída encarceradora pode gerar problemas posteriores muito grandes (nesses casos), não resolve o problema”.

Veja a participação de Luiz Ratton no evento
Leia  o documento usado por Ratton durante a apresentação
[stream provider=youtube flv=http%3A//www.youtube.com/watch%3Fv%3DBtwX_WLYl3E img=x:/img.youtube.com/vi/BtwX_WLYl3E/0.jpg embed=false share=false width=480 height=320 dock=true controlbar=over bandwidth=high autostart=false/]

Thiago M. Fidalgo, psiquiatria, coordenador do setor de adultos da Unifesp e pesquisador da Universidade de Harvard (EUA), falou sobre o óxi, droga derivada do crack que está ganhando força rapidamente entre os adeptos. E alerta para o rápido efeito que a droga tem no organismo. “O tempo de início de ação da cocaína é de 15 minutos. O crack chega ao cérebro em 3 minutos. O oxi tem efeito de apenas 1 minuto”, diz.

Veja a participação de Thiago Fidalgo no evento (e leia  a íntegra da apresentação):
[stream provider=youtube flv=http%3A//www.youtube.com/watch%3Fv%3DotW5udDuqpc img=x:/img.youtube.com/vi/otW5udDuqpc/0.jpg embed=false share=false width=480 height=320 dock=true controlbar=over bandwidth=high autostart=false/]