Você está aqui: Página Inicial / Economia / TCU notifica BNDES para detalhar parceria com JBS

Economia

Negócio suspeito

TCU notifica BNDES para detalhar parceria com JBS

por Redação — publicado 24/09/2014 19h40, última modificação 24/09/2014 20h15
Banco tem até segunda-feira para passar ao TCU todas as informações sobre a operação que envolveu R$ 8 bilhões e beneficiou a proprietária da marca Friboi
Reprodução
friboi2.jpg

Tony Ramos em uma propaganda da JBS

O BNDES tem até a próxima segunda-feira 29 para detalhar ao Tribunal de Contas da União sobre todos os investimentos feitos pelo banco na JBS, empresa proprietária do frigorífico Friboi. O TCU notificou o BNDES nesta terça-feira do prazo, segundo informou a Agência Estado.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) terá cinco dias para repassar ao tribunal todas as informações que tiver. Caso contrário, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, pode ser multado por "reincidência no descumprimento de determinação do tribunal", penalidade prevista na Lei 8.443/1992.

Depois do investimento, o BNDES passou a controlar 22,99% adas ações globais da JBS. A suspeita do Tribunal de Contas da União é que tenha havido alguma irregularidade nas operações.

A empresa não comentou o caso. O BNDES afirmou, por meio de nota, que "está analisando” a notificação do TCU e que “não definiu ainda que posição tomará” mas promete “encaminhar a resposta sem deixar de observar tanto o prazo do tribunal quanto os limites da legislação em vigor".

O TCU afirma ter sido necessária a notificação porque o BNDES não estava repassando certas informações alegando “sigilo bancário”. O investimento do banco no Grupo JBS foi de mais de 8 bilhões de reais, e a auditoria do tribunal na parceria entre BNDES e JBS já dura 3 meses.

4f08ee28-2ee6-4c28-85ce-65077c8e88e9.jpeg

Denúncias de CartaCapital

Em sua edição 814, de 22 de agosto, CartaCapital denunciou como um acordo secreto entre a JBS e o Grupo Bertin causou prejuízos aos acionistas minoritários e ao Fisco. No dia 2 de setembro o site de CartaCapital publicou a íntegra dos documentos que comprovam a reportagem. E, em junho, a revista já havia publicado uma extensa reportagem falando da meteórica e suspeita ascensão da Friboi.

registrado em: , , , ,