Você está aqui: Página Inicial / Economia / Sonegômetro mostra quanto Brasil deixa de arrecadar

Economia

Impostos

Sonegômetro mostra quanto Brasil deixa de arrecadar

por Redação — publicado 05/06/2013 12h00, última modificação 31/03/2014 17h13
Com visual semelhante ao Impostômetro, sindicato criou site para mostrar quanto os empresários deixam de pagar
Divulgação
Sonegômetro

Site tem visual semelhante ao Impostômetro.

Neste ano, já foram sonegados mais de 176 bilhões de reais no Brasil. O dado é mostrado pelo Sonegômetro, criado a partir de estimativas feitas pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz) e divulgado no seu site em tempo real.

A ferramenta tem nome e design semelhante ao do Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo. Disposto em um painel na sede da associação no centro de São Paulo, ele é visitado por políticos e sempre lembrado por empresários que reclamam da carga tributária nacional.

O Sonegômetro usa como base um estudo do próprio sindicato, que estima um rombo fiscal de 415,1 bilhões de reais em 2013. Segundo o Simprofaz, esse valor é maior que toda a arrecadação de imposto de renda no país, que em 2011 foi de 278,3 bilhões de reais.

Ainda segundo o sindicato, sem a sonegação “o peso da carga tributária poderia ser reduzido em quase 30%, com o país mantendo o mesmo nível de arrecadação”. O sindicato defende uma mudança tributária no país. Para eles, a taxação deveria ser diminuída no consumo e aumentada na renda e no patrimônio, seguindo os padrões da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).