Você está aqui: Página Inicial / Economia / Para Fiesp, diminuição da Selic é positiva, mas ainda insuficiente

Economia

Para Fiesp, diminuição da Selic é positiva, mas ainda insuficiente

por Agência Brasil publicado 01/09/2011 10h50, última modificação 06/06/2015 18h57
Para João Guilherme Ometto, presidente em exercício da Fiesp, o Banco Central demonstrou timidez “diante do quadro de arrefecimento da economia doméstica e internacional”

Elaine Patricia Cruz*

São Paulo - A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) considerou positiva, mas ainda insuficiente, a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de diminuir a taxa básica de juros da economia (Selic) de 12,5% para 12%.

Para João Guilherme Ometto, presidente em exercício da Fiesp, o Banco Central demonstrou timidez “diante do quadro de arrefecimento da economia doméstica e internacional”. Para ele, a autoridade monetária brasileira pode estar cometendo um “grave erro” ao manter uma postura conservadora, oferecendo uma pequena redução na taxa de juros.


“Só uma forte redução de juros pode fazer com que o país mantenha o ritmo de crescimento, sem comprometer o controle dos preços”, disse Ometto, por meio de nota. Segundo ele, ao manter os juros elevados, o Copom está retraindo o consumo no país e trazendo para o Brasil os efeitos da crise internacional.

*Matéria originalmente publicada em Agência Brasil