Você está aqui: Página Inicial / Economia / Bovespa cai mais de 7% no pregão pós-rebaixamento da dívida dos EUA

Economia

Crise

Bovespa cai mais de 7% no pregão pós-rebaixamento da dívida dos EUA

por Redação Carta Capital — publicado 08/08/2011 17h50, última modificação 08/08/2011 17h52
Queda abrupta quase ativou o circuit breaker; foi uma das maiores baixas desde a crise imobiliária de outubro de 2008

Da Agência Brasil

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou nesta segunda-feira em forte baixa. O índice Bovespa (Ibovespa) caiu 7,69%, aos 48.876 pontos. Foi uma das maiores quedas da bolsa desde outubro de 2008, quando o mundo foi atingido pela crise dos títulos imobiliários nos Estados Unidos. Às 15h31, o Ibovespa caía 9,25% e registrava 48.049 pontos. Se a queda atingisse a marca de 10%, o pregão seria suspenso pela primeira vez em 3 anos, com a adoção do mecanismo de proteção chamado circuit breaker.

A bolsa brasileira seguiu a tendência mundial de queda, no primeiro pregão após o rebaixamento da nota de risco da dívida norte-americana pela agência de classificação Standard and Poor's. O dólar comercial fechou o dia com alta de 1,96%, cotado a R$ 1,61, enquanto o euro registrou alta de 1,68%, cotado a R$ 2,28.