Você está aqui: Página Inicial / Diálogos Capitais / Padilha pede melhores projetos de gestores públicos

Diálogos Capitais

Evento

Padilha pede melhores projetos de gestores públicos

por Jacilio Saraiva — publicado 25/09/2013 19h37, última modificação 26/09/2013 20h16
Ministro da Saúde afirma que gargalo na infraestrutura da saúde é a falta de projetos e não a de dinheiro
Robson Cesco
Alexandre Padilha

Gargalo na saúde é a falta de projetos por parte das prefeituras, diz ministro

Os gargalos de infraestrutura na área da saúde do Brasil não são os recursos financeiros, mas a falta de capacidade dos municípios de sugerir e formatar projetos. Quem afirma é o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante palestra no 1º Fórum Nacional de Direito e Infraestrutura, realizado nesta quarta-feira 25 e na quinta-feira 26, em Brasília.

Padilha afirma que os investimentos no setor quase triplicaram, entre 2003 e 2012, passando de 244 bilhões de reais para 407 bilhões de reais. “A saúde é uma atividade econômica fundamental para um país que quer ser rico”, diz. “Cerca de 30% do esforço de inovação em pesquisa e desenvolvimento, no Brasil, está na saúde.”

Para o secretário de Saúde do Ceará, Ciro Gomes, um dos convidados do evento, a saúde pública continua sendo o principal problema do país, antes da segurança. “Há um colapso nas áreas de emergência dos hospitais”, diz Gomes, que acaba de assumir a pasta de Saúde no Estado. Um dos planos do governo cearense para minimizar problemas do setor é investir em parcerias público-privadas (PPPs) no setor de saúde. Está em finalização um estudo de contrato de PPP para o Hospital Geral de Fortaleza, com 600 leitos.

O Fórum é realizado pelo Instituto Brasileiro de Estudos Jurídicos da Infraestrutura (Ibeji), com o apoio do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de CartaCapital.

registrado em: