Você está aqui: Página Inicial / Destaques CartaCapital / Traço de distinção

Destaques CartaCapital

Newsletter

Traço de distinção

por samanthamaia — publicado 10/08/2012 12h16, última modificação 10/08/2012 12h16
Conferir personalidade a empresas e ambientes públicos é a expertise do arquiteto João Carlos Cauduro
CAUDURO

Espaço. Cauduro e sua equipe bolaram, em 1973, a sinalização da Avenida Paulista. Foto: Olga Vlahou

Os bancos BTG e Pactual estão juntos desde 2009, mas foi neste ano que a maior novidade das finanças brasileiras decidiu criar uma identidade visual capaz de refletir a vida da companhia pós-fusão. Resultado da inventividade de uma das consultorias pioneiras do design de marca, a saída encontrada pela Cauduro Associados foi acompanhar o movimento do mundo dos negócios. Os dois logos originais foram alinhados em um mesmo campo, abandonou-se o fundo escuro onde estava inscrita a sigla BTG, com maior destaque para o nome do banco. Agora apenas um estilo de fonte é usado na composição.
Consultor de, vá lá, branding, como se diz no mundo da publicidade, o arquiteto João Carlos Cauduro e sua equipe navegam por esses meandros há tempos: 45 anos, no caso de Cauduro, desde sua formatura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Detalhes nada triviais para quem é do ramo. No caso do BTG Pactual, a ideia também foi ressaltar as melhores características dos logos originais. Detalhe do detalhe, diria o leigo, mas não é de outra forma que as coisas se dão nessa seara.
Referência há décadas na área, um port­fólio peso pesado, Cauduro mergulhou nesse mundo quando o design de marcas ainda engatinhava. Calcular o valor intangível das companhias não fazia parte do dia a dia das empresas quando os controladores do Grupo Villares, então um gigante da metalurgia nacional, quiseram incorporar à sua imagem as quatro divisões de negócios: aço, elevadores, equipamentos e peças.
*Leia matéria completa na Edição 710 de CartaCapital, já nas bancas

registrado em: ,