Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Bravo! / Péri, na contramão da sintaxe efusiva

Cultura

CD

Péri, na contramão da sintaxe efusiva

por Tárik de Souza — publicado 26/07/2016 02h05
Dorival Caymmi e Gilberto Gil são dois dos autores que influenciaram o disco
O Eterno Retorno

Capa do novo disco de Péri

Gravado por cantoras como Gal Costa (Voyeur), Vânia Abreu (Mais uma Vez, Dó de Mim) e Jussara Silveira (Gangorra de Dois), o compositor, cantor e violonista baiano Péri, radicado em São Paulo desde a década de 90, desembarca seu oitavo disco, na contramão da sintaxe efusiva da maioria de seus conterrâneos contemporâneos.

Como no ambiente minimalista de Samba Passarinho (2005), no nietzschiano O Eterno Retorno ampara-se somente na voz e no violão, um antigo Romeo 3, de 1984. Das 13 faixas, não têm sua assinatura apenas as matriciais Saudades da Bahia, de Dorival Caymmi, de 1947, e Eu Vim da Bahia, de Gilberto Gil, de 1965, dois dos autores que mais o influenciaram.

Entre as inéditas, a inicial Corre Saveiro (mostra a tua valentia/ a lua no céu é a luz/ que te leva nas águas da Bahia), com seus arroubos e negaças cerzidas nas cordas, foi inspirada no livro Mar Morto, de Jorge Amado, o avatar literário de Caymmi. 

O eterno retorno. Péri. Baticum Discos.

Mas há outros ecos no roteiro do álbum de Periandro Cordeiro Nogueira, o Péri, que aprendeu violão de ouvido, estudou harmonia, tocou na noite e já fez jingles para campanhas do ex-presidente Lula.

Como os do escritor inglês Charles Dickens (1812-1870), de Grandes Esperanças, no compassado fox blues à Djavan, Pequenas Lembranças (parti e nem disse adeus/ fugi sem olhar pra trás/ assim, evitei chorar/ deixei minha dor em paz).

E até do xote Esperando na Janela, projetado por Gilberto Gil, na retirante Um Dia Eu Vou me Embora (um dia eu vou mudar de vida/ na boleia eu vou pongar). Aberto numa onomatopeia vocal, o matreiro Meu Capote Sumiu evoca um ditado baiano, enquanto dispara dardos satíricos de inescapável atualidade: Olhaí essa dona, coberta de seda/ parece gente distinta, mas no fundo ela não me engana/ se deixar, ela some com a grana. 

*Publicado originalmente com o título "Na contramão da sintaxe efusiva"