Você está aqui: Página Inicial / Cultura / Bravo! / Com sarcasmo, com afeto

Cultura

CD

Com sarcasmo, com afeto

por Tárik de Souza — publicado 04/03/2016 05h08
'Multiplicar-se única' divide saberes e sabores num reencontro sonoro de Regina Machado com Tom Zé
Gal Oppido / Divulgação
Regina-e-Tom

Na década de 1980, ainda adolescente, a cantora paulistana Regina Machado integrou a banda do compositor Tom Zé. “Não era só música, havia a performance, e ele falava de semiótica, filosofia oriental, literatura.

Eu, garota, não tinha condições de absorver tudo aquilo.” Seu depoimento está na apresentação deste CD, lançado três décadas depois, no qual ela aborda a obra do tropicalista. O reencontro dá-se em outro patamar de conhecimento.

Após doutorado no Departamento de Semiótica e Linguística da USP, orientado pelo professor e compositor Luiz Tatit, Regina graduou-se em música popular pela Unicamp, onde é docente. Em 2011, publicou a tese A Voz na Canção Popular Brasileira: Um estudo sobre a Vanguarda Paulista. Mas tal confluência de saberes não resulta num álbum empolado ou hermético.

Multiplicar-se única. Regina Machado. Canto Discos/ Tratore

O humor, próximo do sarcasmo, tempera boa parte das faixas, como o farpado Complexo de Épico: Todo compositor brasileiro é um complexado/ por que então essa mania danada, essa preocupação/ de falar tão sério. Atuante nas fotos da capa e encarte, Tom Zé não canta na gravação, depurada pelos arranjos de Dante Ozzetti.

 

A ponto de Solidão, do clássico Estudando o Samba, o disco da redenção do compositor, resumir-se à eloquência vocal da cantora, amparada só por fagote. Violino e cello emolduram , atestado da irrefreável aptidão sambista de Tom Zé, espraiada em Augusta, Angélica e Consolação, que corporifica três ruas paulistanas, num viés gaiato, linha Adoniran Barbosa. Regina ainda pontifica na sacrílega Menina Jesus e no manifesto João nos Tribunais, em que o compositor advoga direitos a João Gilberto pela conversão de sambas-canções em bossas novas. Toda canção quer se multiplicar/ na multidão, única se tornar, sentencia a faixa-título. 

registrado em: , , ,