Você está aqui: Página Inicial / Colunistas / Nirlando Beirão

Colunistas

Nirlando Beirão

Nirlando Beirão

Nirlando é editor especial da seção QI de CartaCapital

Avenida-Central

O que o Rio Olímpico de 2016 tem a aprender com o Rio convulsionado da belle époque

Shows

O que restou de subversão e de rebeldia num big business como esse?

Bruxa

Quando a intolerância triunfa sobre a razão – com o aplauso do público

Venes-Caitano

Tiras de Venes Caitano publicadas semanalmente na versão impressa de CartaCapital serão reproduzidas no blog Vi-Venes

guardiola

Mourinho, Van Gaal, Pellegrini, Löw, Sampietro. Quem é que trouxe o prazer de volta ao futebol?

Ninho rejeitado

O tormentoso affair de Zizinha e Quincas, em cenário tórrido de embates políticos na Corte e de mimosas contradanças nos salões de Paris

shinkansen

Ideias para lugares novos e viagens não convencionais

Vinhas-AnselmoMendes

Na temporada mais propícia, boas surpresas chegam de Portugal

Kennedy

Jack, Jackie, Bobby, Lee, Marilyn, Onassis, Callas – poder, dinheiro e libido na Camelot dos Kennedy

Benjamin-Abrahão-Padaria

O que dois bilionários pretendem com essa padaria-butique?

Independência ou morte

Revisão histórica indica que a bancada do atraso sempre foi bem ativa

Fernando-Morais

Ele fundou um estilo de jornalismo. O de hoje imita seu gangsterismo. Não sua inteligência

Hitler

Alguns eram requintados. Não há notícia de quem comesse fígado – de seus adversários

Camila-Márdila

Como uma figura de ficção pôde explicitar tão bem o desassosego na senzala

Gregorio-Duvivier

Da web para a tevê, grupo é espaço de humor irresistivelmente debochado e radicalmente contemporâneo

Rudy Kurniawan

Um pinot noir do Oregon, disfarçado do exclusivíssimo néctar do diminuto domaine de Monsieur de Villaine, na Borgonha, e outros riscos

Luke Skywalker

Como uma fantasia espacial pode explicar certos hábitos e muitos vícios do poder

james bond

Bond, de novo em ação, acrescentou testosterona ao coquetel

gisele bundchen

No Brasil, há quem não a julgue suficientemente “brasileira”. Mas foi ela quem levou à passarela aquele nosso jeito sexy de ser

Brando-e-Bogart

Dois ícones de gerações diferentes. E novas revelações sobre o estofo humano de que são feitos os ídolos

Cortesãs

Como a arte retratou as aventuras e agruras das cortesãs francesas do Segundo Império e da belle époque

regatas

A última etapa das regatas Panerai mostra por que os veleiros, em sua beleza volúvel, ficam melhor no feminino

Batman-#44

Eles estão apanhando mais da realidade do que dos vilões

Atrevida-e-Fontoura

Um tributo ao mais belo veleiro do litoral brasileiro

All-Blacks

Violento, ele é. Mas no esporte não cabe a deslealdade do nosso futebol