Você está aqui: Página Inicial / Colunistas / Matheus Pichonelli

Colunistas

Matheus Pichonelli

Matheus Pichonelli

Jornalista e cientista social, escreve sobre cultura e comportamento no site de CartaCapital

Torcedores homenageiam jogadores da Chapecoense

A América Latina ficou mais órfã nesta semana. Na dor nos reconhecemos entre iguais

Belchior

No aniversário de 70 anos do cantor, celebrado no dia 26, selecionamos 15 versos do álbum “Alucinação”, de 1976, que ajudam a entender o Brasil hoje

O cantor Bob Dylan

“Se você tem uma ideia incrível, é melhor fazer uma canção”, ensinava Caetano muito antes da Academia Sueca

Aquarius

A luta de Clara, personagem de Sonia Braga, não é por um apartamento. É contra padrões. (Alerta de spoiler: este é um texto para quem já viu o filme)

A comunidade

Filme sobre casal que nos anos 70 decidiu abrir a casa para os amigos e novas experiências aborda de forma sombria a ideia hoje tão falada de poliamor

Dilma Rousseff

Esperamos sentados a um processo que transforma afastamento temporário em cativeiro, e permite a interinos mudarem tudo para que tudo fique como está

Mãe só há uma

No filme, a mesa de jantar define o fracasso de um anseio: a reunião de desejos, expectativas e subjetividades numa ideia única e esgarçada de família

Um dia perfeito

A guerra se perpetua à medida que se banaliza e banaliza seus espectadores – e transforma as diferenças em risco de vida e a morte em “nada demais”

Paratodos

Não há como ignorar o esforço de um atleta paralímpico para romper barreiras esportivas, culturais e sociais. Isso diz respeito a todos nós

trabalho infantil

Seria deboche, não fosse outra coisa, exaltar o trabalho infantil dedicado a servir

Violência

O Brasil se assusta ao ver que tudo o que sempre ocorreu às escondidas agora é gravado e viralizado. Falta entender o que não está no vídeo

"Nós, eles e eu"

O ódio é facilmente manipulado por quem lucra com o medo. É o que justifica todas as guerras – declaradas ou não

Senado

Perdemos a capacidade de enxergar como premissas aparentemente corretas consagram caminhos opostos, por descuido ou má fé, entre falas e encenações

futebol1.jpg

No filme de Sergio Oksman, a distância entre pai e filho é a distância de expectativas de um país inteiro. O futebol é o ponto simbólico da dissolução

Muro no Congresso

Uma vida entre muros, levantados em linha reta para delimitar caminhos tortos, é a impossibilidade do encontro. É o sintoma de uma condenação

Mais forte que bombas

Filme do norueguês Joachim Trier tem como ponto central o conflito de uma mãe a ser 'descoberta'. Não é o 'anjo do lar', mas alguém deslocada dentro da própria casa

Para minha amada morta

Filme de Aly Muritiba trata de uma morte dupla: a da mulher e a do 'anjo do lar'. Uma morre com o corpo. A outra, quando seu desejo é descoberto

Protesto

O sujeito contemporâneo sofre pela impossibilidade de certezas. E pela decepção ao ver tanta gente tirar do armário o que tem de pior

Frutal

No meu encontro com estudantes da UEMG em Frutal, recebi uma aula sobre mobilização e luta contra as assimetrias do ambiente universitário

BeFunky Collage.jpg

Indicados apresentam personagens que parecem buscar forças numa ideia de solidariedade para remediar um mundo de referências em colapso

Criança brinca na areia do parquinho

Uma jovem mãe se negou a participar da corrente do Facebook e falou a real: “Amo meu filho, odeio ser mãe”. Ela tem direito a isso.

Cena do filme O Regresso

O que Iñarritú propõe é um regresso, de fato, a uma história fundada no genocídio para responder uma pergunta atual: Quando deixamos de ser bárbaros?

Pai e filho

Tentei durante anos imitar a caligrafia, a organização e a habilidade do meu pai em descascar a laranja. Desisti. Do resto herdei quase tudo

David Bowie

Nas palavras de Zé Celso, Bowie criou um poema da sua própria morte – e, grifo meu, nesse poema decidiu habitar

Discussão

Tanto quanto a corrupção e a crise, a imaturidade e a incapacidade de dialogar estão no centro da tragédia política