Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Parlatório / Um dia antes de votação no Senado, PMDB promete governo "sem rancor"

Política

Crise Política

Um dia antes de votação no Senado, PMDB promete governo "sem rancor"

por Redação — publicado 10/05/2016 13h05, última modificação 10/05/2016 15h45 Antonio Cruz/Agência Brasil
Manifestação do partido no Twitter contraria declarações de Temer de que aguardaria silenciosamente a decisão do Senado
temer e renan

PMDB usou Twitter para apoiar Temer na véspera de votação no Senado

Embora o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) tenha declarado que aguardaria "silenciosamente" as decisão do Senado sobre o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, seu partido parece não conter a ansiedade.

O PMDB usou nesta terça-feira 10 sua conta no Twitter para apoiar publicamente o vice-presidente. Em uma foto de Temer foi colocada a frase “Falta pouco para unir o Brasil e fazer um governo sem rancor e sem ódio”. A imagem foi acompanhada das hashtags #UnidosComBrasil #SomosTemer e #OBrasilQuerMudar 

 

#UnidosComBrasil #SomosTemer #OBrasilQuerMudar @MichelTemer pic.twitter.com/r9XRg0LYlw

— PMDB Nacional (@PMDB_Nacional) 10 de maio de 2016

 

Desde que o processo de impedimento de Dilma começou, esta não é a primeira vez que Temer ou seus correligionários queimam a largada. No início de abril, antes mesmo da votação da admissibilidade do processo na Câmara dos Deputados, Michel Temer, enviou pelo WhastApp um discurso de 15 minutos a parlamentares de seu partido em que falava como se o impeachment já tivesse sido aprovado pela Câmara. A fala era um tipo de apresentação do que seria sua gestão.