Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Parlatório / Lulinha interpela deputado do PSDB na Justiça

Política

Justiça

Lulinha interpela deputado do PSDB na Justiça

por Redação — publicado 18/03/2015 14h36, última modificação 18/03/2015 15h02
Domingos Sávio (PSDB-MG) afirmou que o filho do ex-presidente "compra fazendas toda semana". A CartaCapital o tucano disse ter se informado "na rede mundial de computadores"
Reprodução
Domingos e Lulinha

Domingos sobre Lulinha: provas são acusações na internet

O filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fábio Luis Lula da Silva, ingressou nesta quarta-feira 18 com interpelação judicial contra o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG) junto ao Supremo Tribunal Federal, para apurar a prática de injúria, calúnia e difamação. Segundo a interpelação, movido pelo intuito político de atingir Lula o parlamentar tucano disseminou mentiras contra sua família, em entrevista concedida à Rádio Minas, da cidade mineira de Divinópolis, no programa "Bom Dia Divinópolis" de 9 de fevereiro de 2015.

O deputado Domingos Sávio (PSDB-MG) afirmou: "O Lulinha, filho dele, é um dos homens mais ricos do Brasil hoje. É uma bandalheira. O homem tá comprando fazendas de milhares e milhares de hectares, é toda semana. É um dos homens mais ricos do Brasil. E ficou rico do dia para a noite, assim como num passe de mágica. Rico, fruto da roubalheira que virou este país, tá cheio de rico que se enriquece ai do dia para a noite fruto da roubalheira que tá existindo no Brasil. E não pode dizer que não vai investigar o Lula, o Lulinha, tem que investigar o Lula, tem que investigar o Lulinha”.

Segundo nota divulgada pelo Instituto Lula na tarde desta quarta-feira, as afirmações “além de ofensivas, são mentirosas, pois Fábio Luis Lula da Silva não é proprietário de nenhuma fazenda e não participa de nenhum negócio relacionado à agroindústria. Fábio também jamais se beneficiou de qualquer ato irregular ou ilegal e tampouco tornou-se um dos ´homens mais ricos do Brasil´.

Em entrevista à CartaCapital o deputado Domingos Sávio afirmou que “Lulinha é um cidadão sobre o qual você encontra muitas informações na rede mundial de computadores falando que ele tem incalculáveis, para além do que poderia”. Perguntado se teria provas do que afirmou, Sávio completou: “tenho recebido não só mensagens pela rede mundial de computadores como também li notícias na mídia brasileira que ele de fato é uma pessoa de posses. Sou um representante do povo brasileiro e acho que alguém que está sendo apontado como enriquecimento incompatível deve ser investigado”.

registrado em: , , , ,