Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Parlatório / Dilma, Lula, governadores e políticos lamentam morte de Thomaz Alckmin

Política

Luto

Dilma, Lula, governadores e políticos lamentam morte de Thomaz Alckmin

por Redação — publicado 02/04/2015 23h17, última modificação 03/04/2015 10h44
O filho caçula do governador Geraldo Alckmin estava em helicóptero que caiu em Carapicuíba na quinta-feira
Facebook oficial de Geraldo Alckmin
thomaz-alckmin.jpeg

Thomaz Alckmin, o filho caçula do governador, e os outros dois filhos de Geraldo e Lu: Sofia e Geraldo

Thomaz Alckmin, 31 anos, filho caçula de Geraldo Alckmin, morreu no final da tarde esta quinta-feira na queda de um helicóptero na região de Carapicuíba, na Grande São Paulo. Outras quatro pessoas também morreram. Pelo Twitter, o governador do Maranhão, Flávio Dino, do PC do B, lamentou a morte: "Conheço bem a dor de um pai que perde um filho. Uma parte de vc morre junto. Solidariedade e orações ao governador Alckmin e família".

Após o ocorrido, o governo de São Paulo divulgou a seguinte nota: "O Governo de São Paulo informa com imenso pesar que Thomaz Rodrigues Alckmin, o caçula dos três filhos do governador Geraldo Alckmin e de dona Lu Alckmin, é uma das cinco vítimas da queda do helicóptero EC-155 ocorrida na Grande São Paulo na tarde desta quinta-feira. Thomaz tinha 31 anos e era piloto profissional de aeronave. Ele deixa esposa, Tais, duas filhas, Isabela e Julia, e os irmãos Sophia e Geraldo Alckmin Neto. Sob o impacto dessa tragédia, a família Alckmin, inconsolável, agradece as manifestações de pesar e carinho e busca conforto na fé que sempre a alimentou. Seus pensamentos e preces se estendem às famílias das outras vítimas."

Já a presidenta Dilma Rousseff afirmou em comunicado que: "Com muito pesar e tristeza, apresento ao governador Geraldo Alckmin e a sua esposa Senhora Maria Lúcia Alckmin meus sinceros e profundos pêsames pela morte de seu filho Thomaz Alckmin, que estava entre as vítimas do trágico acidente de helicóptero, ocorrido em São Paulo. Presto, neste momento de dor e consternação, minha solidariedade e sentidos pêsames aos pais, familiares e amigos das vítimas.

O ex-presidente Lula também se manifestou:

"Nessa hora de dor e tristeza por uma perda irreparável, prestamos nossos sentimentos e nossa solidariedade para o governador Geraldo Alckmin, a primeira-dama Lu Alckmin, para a esposa, os irmãos e filhas do jovem Thomaz Alckmin. Nossas condolências para os familiares e amigos do piloto Carlos Haroldo Esquerdo Gonçalves e demais tripulantes do helicóptero que faleceram nesta Quinta-feira Santa. Diante de uma tragédia onde não há palavras que possam confortar pais, esposas e filhos, estendemos nosso abraço e nossa fé que os entes queridos permanecerão para sempre conosco na paz de Deus e em nossos corações."

— Governo de S. Paulo (@governosp) April 3, 2015

Conheço bem a dor de um pai que perde um filho. Uma parte de vc morre junto. Solidariedade e oracoes ao governador Alckmin e familia.

— Flávio Dino (@FlavioDino) April 3, 2015

Registro minha profunda tristeza pelo falecimento de Thomaz Alckmin. Ao estimado casal, Lu e Geraldo Alckmin, minha sentida solidariedade.

— José Agripino (@joseagripino) April 3, 2015

Tristeza profunda. Meus sentimentos ao governador Geraldo Alckmin, à dona Lu e à família pela perda do filho Thomaz Alckmin.

— Rui Falcão (@rfalcao13) April 3, 2015