Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Parlatório / Errata: 'Delegado-geral de SP ignora dados e diz que menores têm licença para matar'

Política

Errata: 'Delegado-geral de SP ignora dados e diz que menores têm licença para matar'

por Redação — publicado 06/01/2015 19h55, última modificação 06/01/2015 19h55

Por um erro da Redação, a versão original do texto "Delegado-geral de SP ignora dados e diz que menores 'têm licença para matar'" informava que menos de 1% dos menores infratores internados respondem por crimes hediondos. O dado está errado, e foi corrigido na versão corrente do artigo.

Na verdade, de acordo com dados do Ministério Público, 37,48% dos menores estão internados por tráfico de drogas, listado no rol de crimes hediondos, enquanto 0,80% estão nessa condição por latrocínio e 0,77%, por homicídio doloso qualificado.

A informação foi corrigida a pedido do promotor Tiago de Toledo Rodrigues.