Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Midiático / Ministério da Justiça retira do ar campanha considerada machista

Sociedade

Publicidade

Ministério da Justiça retira do ar campanha considerada machista

por Redação — publicado 05/02/2015 17h34
A peça da campanha "Bebeu, perdeu" foi acusada de culpabilizar mulheres nos casos de violência sexual
Campanha

A peça publicitária foi criticada pelo moralismo e acusada de culpabilizar mulheres em casos de violência sexual

Após repercussão negativa nas redes sociais, o Ministério da Justiça retirou do ar a campanha “Bebeu, perdeu”, na qual mostrava uma jovem com expressão preocupada sendo ridicularizada por outras jovens e os dizeres “Bebeu demais e esqueceu o que fez? Seus amigos vão te lembrar por muito tempo.” A peça foi acusada por internautas de machismo e culpabilização da vítima em casos de violência sexual.

O ministério admitiu o erro e, em nota publicada em sua página do Facebook, esclareceu que o objetivo era alertar para o consumo de álcool por jovens. Leia abaixo a íntegra do esclarecimento:

“A campanha ‪#‎BebeuPerdeu‬ é muito mais do que isso. Nós nos equivocamos com a peça. Ela tem o objetivo de conscientizar jovens até 24 anos sobre os malefícios do álcool. Atuamos em políticas públicas em conjunto com a Secretaria de Políticas para a Mulher (SPM) contra a violência doméstica, o feminicídio e outras formas de violência contra a mulher. Pedimos desculpas pelo mal entendido e ao mesmo tempo contamos com a colaboração de todos na campanha. Abraços”