Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Midiático / Jornalista Joyce Ribeiro, do SBT, é vítima de racismo na internet

Sociedade

Redes sociais

Jornalista Joyce Ribeiro, do SBT, é vítima de racismo na internet

por Redação — publicado 03/12/2014 15h44
Após de ser xingada em página da emissora no Facebook, apresentadora denuncia usuária à polícia e pede que vítimas façam o mesmo
Reprodução/Facebook
Joyce Ribeiro

Um dos poucos rostos negros do telejornalismo brasileiro, Joyce Ribeiro é repórter especial do SBT

Ofensas publicadas na página do Facebook do Jornalismo do SBT levaram a jornalista Joyce Ribeiro, 36, a registrar na delegacia o crime de injúria racial que sofreu pela rede. A denúncia é direcionada a um usuário que usa o nome "Simone Hidalgo" e que publicou o seguinte texto no último dia 21:

"Esta negra chata, vesga, gaguejando, na bancada do jornal é deprimente, fora Joice Sebastiana crioula, volta para o tronco".

A mensagem não está mais visível na rede, mas foi registrada em reportagem da emissora e entregue para a polícia. Ao canal, o delegado Mauricio Blazeck afirmou que, dada a constância com que esses casos tem se repetido, "é muito oportuno que as vítimas realmente compareçam para que elas sejam apuradas". A investigação tentará determinar agora se Simone é uma pessoa real ou um perfil falso gerenciado por alguém.

"Fui ofendida com mensagens racistas pela internet. É triste demais pensar que nos dias de hoje, ainda nos deparamos com pessoas tão preconceituosas e limitadas", afirmou a apresentadora em seu perfil no Facebook. "Já passei por isso muitas vezes e o caminho correto para se combater este crime é a denúncia. Meu objetivo é fazer com que todos sintam-se cada vez mais encorajados e procurem seus diretos, denunciando os ataques em uma delegacia, como fiz", prosseguiu.

Uma das raras faces negras no telejornalismo brasileiro, Joyce já passou pela Boa Vontade TV e pela Rede Record antes de chegar ao SBT, onde atua como repórter especial.

SBT e o racismo

Há pouco menos de um mês, a emissora protagonizou dois episódios de racismo em episódios que envolvem até mesmo o dono do canal. Durante o Teleton, Silvio Santos fez piada com teor racista com uma jovem atriz negra de 11 anos. A própria menina usou seus perfis nas redes sociais para postar mensagens em tom de resposta.

Depois disso, a apresentadora Neila Medeiros fez um comentário preconceituoso durante o Notícias da Manhã do dia 24 de novembro, depois do feriado de Consciência Negra. Ao falar do trânsito na capital paulista, afirmou: "Hoje é dia de branco, dia de trabalhar".