Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Midiático / Cunhado de Fernando Capez ameaça repórter de CartaCapital

Política

São Paulo

Cunhado de Fernando Capez ameaça repórter de CartaCapital

por Redação — publicado 25/04/2016 18h13, última modificação 26/04/2016 11h08
Familiares do deputado abriram mais de 20 empresas. Concunhada recebeu R$19 mil em janeiro da Alesp, mas não costuma ser vista no local
Roberto Navarro/ ALESP/ Fotos Públicas
Fachada da Alesp

A reportagem está recebendo ameaças do advogado Rogério Auad Palermo, cunhado dopresidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Fernando Capez

O repórter de política de CartaCapital Henrique Beirangê vem recebendo ameaças do advogado Rogério Auad Palermo, cunhado do deputado e presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Fernando Capez.

As intimidações tiveram início após a publicação de uma reportagem a respeito da abertura de mais de 20 empresas em nome dos familiares do parlamentar, muitas delas em endereços residenciais.

Inicialmente foram encaminhados e-mails em que o advogado apenas fazia intimidações veladas como: "Eu fiz 25 anos de karatê e sempre apliquei isto na minha vida. Olha dá certo. Derrubava caras de 120 kilos praticamente com olhar!!"

Na segunda-feira 25, as ameaças se tornaram concretas após o repórter receber uma mensagem por celular do advogado. No texto, ele diz que precisa falar com o repórter e diz que trabalha perto de sua residência. O texto da mensagem é concluído com o número do prédio e do apartamento onde o jornalista mora.

CartaCapital não se intimidará com tais práticas. "Não deixaremos de divulgar informações de interesse da população em hipótese alguma. Tais ameças apenas reforçam a certeza de esse é o caminho que devemos seguir", afirma o jornalista.

Um boletim de ocorrência foi registrado e será entregue na Secretaria de Segurança Pública, ao chefe da pasta, Alexandre de Moraes, e no Ministério Público, ao procurador geral Gianpaolo Smanio.