Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Midiático / BBB 15: Talita obrigou Rafael a transar sem camisinha

Política

TV

BBB 15: Talita obrigou Rafael a transar sem camisinha

por Lino Bocchini — publicado 27/02/2015 11h08, última modificação 27/02/2015 16h19
O título acima, irônico, dá a dimensão do absurdo promovido pela TV Globo ao jogar toda a responsabilidade sobre a prevenção sexual nas costas da mulher
Reprodução
talita e rafael cama.jpg

Rafael e Talita durante uma das conversas tensas após a visita da médica ao programa

Nesta semana, Talita, participante da 15ª edição do Big Brother Brasil, recebeu a visita de uma ginecologista. Ela e Rafael, outro dos participantes, têm feito sexo sem proteção, e a aeromoça teme estar grávida. Já tomou inclusive a pílula do dia seguinte (fornecida pela produção após apenas muita insistência) por duas vezes durante o confinamento.

O episódio é um dos maiores erros dos 15 anos do reality show no Brasil: além do machismo, o programa está deseducando milhões de telespectadores e indo na contramão do que pregam todas as entidades médicas do mundo todo, ao deixar nas mãos da mulher todo o ônus da proteção nas relações sexuais.

Rafael não recebeu a visita de nenhum médico. Também não passou pela cabeça da direção, por exemplo, promover uma conversa do casal com um orientador sexual.

Ao invés disso, coube a Talita, após a consulta, ir conversar com seu parceiro sobre prevenção. "Pílula do dia seguinte só pode ser usada duas vezes por ano, e eu tomei duas em menos de um mês", repetiu a moça. "Temos que nos cuidar", completou.

Ao estudante gaúcho coube seguir deitado no sofá ou malhando na academia tranquilo, enquanto Talita era xingada e humilhada país afora pela internet. Afinal, além de ser "safada", não está cuidando da proteção do casal.

A mensagem do diretor de núcleo Boninho e da produção para a multidão de adolescentes e jovens que acompanham o programa é simples:

"Rapaz, transe sem camisinha. Sequer pense nos riscos de pegar ou passar uma doença. Também relaxe sobre a possibilidade de uma gravidez indesejada. Isso tudo é problema da mulher. Se ela quer ´dar´ sem camisinha o azar é dela. Se ela engravidar o azar também é só dela. Divirta-se, garanhão!".

"Garota, você não se dá o valor, fica transando em rede nacional. E é uma irresponsável, não obrigou seu namorado a se proteger. E, como sabemos, homens são assim mesmo, é você quem tem de cuidar de tudo. Espero que você não engravide, senão a culpa será toda sua. Se cuide, sua promíscua!".

Mais: neste caso não é válido o argumento de que o BBB é um programa de entretenimento, sobre o qual não caberia esse tipo de questionamento. A atração global se vende como socialmente responsável. Nesta edição, por exemplo, os participantes têm de economizar água, "para dar o exemplo". Outras ações supostamente exemplares foram ao ar em outras edições.

A não ser que a produção tenha imagens revelando que Talita tem secretos poderes telepáticos e está obrigando Rafael a transar sem camisinha, a mensagem passada pela Globo neste episódio é a pior possível.

talita-rafael-bbb15
O casal em um dos quartos d casa onde é gravada a atração da Globo