Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Feminismo pra quê? / Homens: tirem suas máscaras

Política

Ativismo

Homens: tirem suas máscaras

por Nádia Lapa — publicado 05/12/2013 16h46, última modificação 10/12/2013 23h32
Poeta canadense Jeremy Loveday fala sobre como os homens podem mudar o panorama da violência de gênero

Tradução e legendas por Daniela Abade.

 

Eu já falei em alguns textos deste blog como o agressor não é o "outro", aquele cara desconhecido, que pula de um arbusto de uma rua escura e deserta e ataca mulheres. Ele está entre nós; é nosso chefe, o colega da baia ao lado, o nosso irmão. Parece absurdo imaginar que alguém por quem temos respeito ou amor seja capaz de tornar o mundo um lugar inóspito para as mulheres.

Pensando exatamente assim, o poeta Jeremy Loveday fala no vídeo acima que ele criou máscaras para os outros homens, os tais "monstros" que eram capazes de violentar mulheres, física, verbal e psicologicamente. Até se dar conta de que, ao colocar máscaras em outros homens, homens comuns, fazia com que ele não enxergasse as próprias ações. Ações sobre as quais ele devia se responsabilizar. Ele cita algumas. Uma delas, aparentemente inofensiva, do chefe fazendo um comentário sexista. Para ele, homem, aquilo pode não ser tão grave. Mas não ter retrucado, ter aceitado a piadinha, ficar em silêncio, é escolher a violência.

Para Loveday, a violência de gênero é também uma questão dos homens porque ela é perpetrada por homens.  No feminismo temos discutido muito como mudar o panorama, lutamos, tentamos criar a consciência, buscamos o empoderamento feminino. No entanto, uma parte grande da mudança tem que vir de vocês, homens. Porque, em maior ou menor grau, vocês são os agressores. E, por favor, entendam: eu não estou individualizando nada, acusando ninguém pessoalmente, mas sim pensando em nós mesmos como sociedade. Temos que perceber que homens não animais incontroláveis que agridem porque é "da natureza". Não é. Somos fruto de uma construção social, e nesta sociedade aprendemos a aceitar a violência, e até mesmo a incentivá-la e premiá-la. "Como se os homens não tivessem o poder de mudar o jeito que os homens agem", diz Loveday. Vocês têm, sim.

E ele faz um desafio: homens, tirem suas máscaras.

Homens: responsabilizem-se.