Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / PSDB vai à Justiça Eleitoral contra pesquisa sobre falta de água

Política

São Paulo

PSDB vai à Justiça Eleitoral contra pesquisa sobre falta de água

por Redação — publicado 08/05/2014 12h25
Tucanos pedem que instituto DataPopular registre levantamento realizado no estado por ele possuir “cunho eleitoral”

O PSDB de São Paulo ingressou na Justiça Eleitoral nesta quinta-feira 7 pedindo informações de como foi feita pesquisa do instituto DataPopular sobre a falta de água no estado, pedindo “o valor e a origem dos recursos despendidos e o questionário completo utilizado”. O partido também pede que a pesquisa seja registrada na Justiça Eleitoral.

“A pesquisa tem claro cunho eleitoral e deveria ter obedecido aos critérios da legislação em vigor, que torna obrigatório o registro da pesquisa e apresentação de informações à Justiça Eleitoral, tais como o questionário e amostra utilizados e quem pagou o levantamento,” diz o PSDB em nota no seu site. O artigo 33 da lei eleitoral prevê que “as entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às eleições ou aos candidatos” devem registrar informações do levantamento na Justiça Eleitoral.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o presidente do instituto DataPopular, Renato Meirelles, diz que os questionamentos da sigla "não fazem nenhum sentido". “Não se pode deixar de discutir [a questão] só porque é ano eleitoral. Mais importante do que questionar a pesquisa é debater a crise da água", afirma o publicitário.

De acordo com a pesquisa, a falta de água afetou 23% da população do Estado nos últimos três meses. O instituto também mostra que o problema é maior entre as famílias de menor renda.

registrado em: , ,