Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Datafolha: Marina Silva sobe e empata com Dilma no primeiro turno

Política

Eleições 2014

Datafolha: Marina Silva sobe e empata com Dilma no primeiro turno

por Redação — publicado 29/08/2014 20h38, última modificação 02/09/2014 16h35
Em um eventual segundo turno, a candidata do PSB venceria a atual presidenta com diferença de 10 pontos percentuais
Fotomontagem/Band
Nova pesquisa presidencial

Pesquisa de intenção de voto do Datafolha foi divulgada nesta sexta-feira 29

Uma nova pesquisa de intenção de voto, divulgada pelo Datafolha nesta sexta-feira (29), mostra um empate entre a candidata do PSB, Marina Silva, e a presidenta Dilma Rousseff (PT). De acordo com o levantamento, a ex-ministra e a candidata do PT à reeleição têm os mesmos 34%. Com isso, a distância para o candidato do PSDB, Aécio Neves, aumentou. O tucano tem agora 15%. Marina subiu 13 pontos em relação à última pesquisa do mesmo instituto. Em 18 de agosto, ela tinha apenas 21%, enquanto Dilma liderava com 36%. Naquela sondagem, Aécio Neves aparecia com 20%.

Além disso, o candidato do PSC, Pastor Everaldo, caiu um ponto percentual e agora tem 2% das intenções de voto. O número de brancos e nulos baixou de 8% para 7% e os entrevistados que não sabem ou não quiseram responder agora representam 7%. Os candidatos Zé Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), José Maria Eymael (PSDC), Luciana Genro (PSOL), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) não alcançaram 1%.

O Datafolha testou duas possibilidades para um eventual segundo turno. Segundo o levantamento, a candidata do PSB venceria Dilma Rousseff com uma diferença de aproximadamente 10 pontos. Isso porque, se o segundo turno fosse hoje, Marina teria 50% contra 40% da atual presidenta. Já em um confronto entre Dilma e Aécio, a petista venceria com 48% contra 40% de Aécio. O instituto não testou um cenário entre Aécio e Marina. O Datafolha ouviu 2.874 pessoas entre quinta 28 e esta sexta-feira 29.

Na última pesquisa, publicada pelo Ibope na terça-feira 26, Dilma tinha 34% das intenções de voto contra 29% de Marina e 19% de Aécio Neves (PSDB). Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC) tinham os mesmos 1% cada. Aproximadamente 7% diziam votar em branco ou nulo e outros 9% estão indecisos. O desempenho de Marina é muito superior ao de Eduardo Campos, que tinha 9% dos votos na última pesquisa realizada pelo instituto e estava na terceira colocação. Marina substitui o ex-governador de Pernambuco, que morreu em um acidente de avião.