Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Ibope: Dilma aparece com 40% das intenções de voto, Aécio com 20% e Campos com 11%

Política

Pesquisa eleitoral

Ibope: Dilma aparece com 40% das intenções de voto, Aécio com 20% e Campos com 11%

por Redação — publicado 22/05/2014 12h56, última modificação 22/05/2014 15h32
De acordo com a pesquisa, Dilma conseguiria se reeleger já no primeiro turno pois seu percentual obtido é maior que a soma dos outros pré-candidatos
Roberto Stuckert Filho/ PR
Dima_Rousseff_Ipatinga_Minas_Gerais2.jpg

A presidenta Dilma Roussef durante evento em Ipatinga (MG) no começo desta semana

Nova pesquisa Ibope, divulgada nesta quinta-feira 22, mostra que a presidenta Dilma Rousseff (PT) melhorou sua taxa de intenção de votos entre os meses abril e maio, indo de 37% para 40%. Seus adversários, no entanto, também cresceram mais.

No cenário com os oito pré-candidatos que prometem concorrer, Aécio Neves (PSDB) foi de 14% para 20%, e Eduardo Campos (PSB), de 6% para 11%. Assim, a vantagem que Dilma mantinha sobre a soma dos adversários diminuiu de 13 pontos percentuais para 4.

De acordo com a pesquisa, Dilma conseguiria se reeleger já no primeiro turno pois seu percentual obtido é maior que a soma dos outros pré-candidatos. Na consulta divulgada nesta quinta-feira 22, o pastor Everaldo Pereira (PSC) tem 3%, enquanto Eduardo Jorge (PV) e José Maria (PSTU) aparecem com 1%. Os demais pré-candidatos não pontuaram.

A pesquisa foi feita entre os dias 15 e 19 de maio. Enquanto o PSB lançou sua propaganda partidária com Campos na TV no fim de março, o PSDB exibiu um programa com Aécio em 17 de abril. Já o PT começou a exibir no dia 13 a propaganda institucional do governo, com discursos de Dilma e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Além do crescimento da intenção de voto, a propaganda partidária nos meios de comunicação fez o número de eleitores que pretendiam votar em branco, anular ou estavam indecisos despencar de 37% para 24%. Os que dizem que votarão em branco ou nulo somam 14%, enquanto total de indecisos chega a 10%.

Para a pesquisa foram entrevistados 2.002 eleitores em 140 municípios. A margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais. O levantamento foi custeado pelo Ibope e registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00120/2014.