Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Ibope: Arruda lidera disputa no DF com 37%

Política

Eleições 2014

Ibope: Arruda lidera disputa no DF com 37%

por Redação — publicado 26/08/2014 20h39, última modificação 27/08/2014 10h04
O governador Agnelo Queiroz (PT) e o senador Rodrigo Rollemberg (PSB) aparecem com 16% cada um
Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
arruda

O capitão da Seleção brasileira na Copa do Mundo de 1958, Hilderaldo Luís Bellini (D), segura a taça Jules Rimet junto com Djalma Santos (E) e José Roberto Arruda (26/06/2008)

Na disputa pelo governo do Distrito Federal, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira 26, o ex-governador José Roberto Arruda (PR) aparece em primeiro lugar, com 37% das intenções de voto. Em segundo lugar, aparecem empatados o governador Agnelo Queiroz (PT) e o senador Rodrigo Rollemberg (PSB), com 16% cada um. Toninho do PSOL (PSOL) tem 4%, e o deputado federal Luiz Pitiman (PSDB), 3%. Já a candidata Perci Marrara (PCO) apresenta 0% das intenções de voto, segundo o Ibope.

De acordo com a pesquisa, cuja margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, 7% dos entrevistados votariam branco ou nulo, enquanto 17% não souberam responder.

Em comparação com a pesquisa anterior, feita em 30 de julho, Arruda oscilou cinco pontos para cima, enquanto Agnelo tem um ponto a menos, e Rollemberg, um ponto a mais.

Os outros três candidatos ao governo do DF também apresentaram queda: Toninho caiu dois pontos em comparação aos 6% das intenções de voto que tinha; Pitiman, três pontos (tinha 6%); e Perci, um ponto (tinha 1%).

Arruda tem dois pontos a menos que a soma de todos os outros candidatos (39%). O segundo turno ocorre sempre que nenhum dos candidatos alcança mais do que a soma dos demais adversários.

No entanto, em caso de um segundo turno disputado entre Arruda e Agnelo, o candidato do PR venceria com 45% dos votos e o atual governador teria 23% dos votos. Brancos e nulos somariam 12%. No segundo cenário, entre Arruda e Rollemberg, o ex-governador também venceria, com 39% das intenções de voto. O candidato do PSB teria, então, 30%. Brancos e nulos somaram 9%.

Se a disputa fosse entre Agnelo e Rollemberg, o senador do PSB teria 44% dos votos, contra 22% do petista. Votariam branco ou anulariam o voto 12% dos entrevistados.

Encomendada pela TV Globo, a pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 25 de agosto. O instituto ouviu 1.204 eleitores em todo o Distrito Federal. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. A consulta está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número DF-00034/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00425/2014.