Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Carta nas Eleições / Falta de água em São Paulo entra nas eleições

Política

São Paulo

Falta de água em São Paulo entra nas eleições

por Redação — publicado 24/04/2014 12h07
Petista Padilha acusa Alckmin (PSDB) de não agir para diminuir a dependência do sistema Cantareira

A campanha de Alexandre Padilha (PT) ao governo de São Paulo começou na quarta-feira 23 a explorar o que acredita ser um ponto fraco da administração de Geraldo Alckmin (PSDB): o baixo nível do reservatório do sistema Cantareira, situação que pode provocar racionamento de água na Grande São Paulo, incluindo a capital.

Em um vídeo de 30 segundos, Padilha acusa a administração tucana de não ter feito obras para reduzir a dependência do sistema Cantareira, e contrapõe o baixo nível deste sistema com o do reservatório da represa Billings. Nesta quinta-feira 24, o sistema Cantareira está com 11,6% de seu nível, enquanto o sistema Guarapiranga, do qual faz parte a Billings, tem 78,8% de volume armazenado.

Segundo Padilha, a falta de obras significa que "falta um governo à altura dos paulistas".