Inpe: área com alerta de desmate na Amazônia subiu 85% em 2019

Em 2019, área com alertas chegou a 9.165,6 km², enquanto em 2018 o número foi de 4.946,37 km²

Desmatamento na Amazônia. Foto: Arquivo/Agência Brasil

Desmatamento na Amazônia. Foto: Arquivo/Agência Brasil

Sustentabilidade

A área com alertas de desmatamento na Amazônia Legal aumentou 85,3% em 2019, se comparado ao ano de 2018, segundo dados extraídos do Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e reproduzidos pelo site G1.

As informações são divulgadas pela plataforma Terra Brasilis. De janeiro a dezembro do ano passado, a área com alertas chegou a 9.165,6 km², enquanto em 2018 o número foi de 4.946,37 km².

Trata-se do maior registro de alertas desde 2015. Os meses de maio, julho, agosto, setembro e novembro de 2019 apresentaram as mais altas taxas desde 2015.

O registro serve para auxiliar as ações de fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem