Cultura

Saiba como será o esquema de segurança montado para o show da Madonna em Copacabana

Operação já foi iniciada nesta sexta-feira, com uma escavação na areia da praia; facas foram encontradas enterradas próximo ao local do show

Cantora norte americana Madonna. Foto: reprodução
Apoie Siga-nos no

A Secretaria de Ordem Pública do Rio de Janeiro executou, nesta sexta-feira 3, uma limpeza profunda com tratores na praia de Copacabana para encontrar materiais e objetos enterrados na areia. A operação faz parte da operação de segurança montada no local onde será realizado o show da Madonna, neste sábado 4.

No pente-fino, foram encontrados facas, panelas, garrafas de água e outros objetos. Ao todo, 4 toneladas de resíduos removidos da praia. Além de lixo, foram encontrados também diversas mercadorias, como cocos, que provavelmente seriam vendidos de forma irregular ao longo do show.

Agentes de Ordem Pública da Prefeitura do Rio retiram objetos enterrados na areia de Copacabana antes do show da Madonna. Foto: Divulgação

Para garantir a segurança do show, o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel da Polícia Militar do Rio de Janeiro foi montado em uma praça ao lado do Copacabana Palace.

Ao todo, 3,2 mil policiais farão o patrulhamento da praia durante o show. Segundo o governo, os agentes contarão ainda com o apoio de 64 viaturas e 65 torres de observação.

A Polícia do Rio informou também que usará drones e câmeras de reconhecimento facial. As imagens captadas pelos equipamentos serão enviadas em tempo real para um centro de controle.

O sistema de monitoramento montado é capaz de identificar foragidos da Justiça usando uma comparação das imagens com os arquivos do banco de dados de procurados.

Na manhã de sábado, dia do show, a Prefeitura também informou que irá fechar todas as ruas transversais à Avenida Atlântica, do Posto 6 ao Leme. O esquema se segurança elaborado pela Prefeitura é semelhante ao praticado durante o Reveillon.

Copacabana antes do show da Madonna.
Foto: Pablo PORCIUNCULA / AFP

Para os que forem acessar as areias da praia de Copacabana para acompanhar o show, será necessário passar por uma das barreiras policiais e se submeter a uma revista corporal dos seguranças do evento. Materiais como garrafas de vidro ou outros objetos cortantes e pontiagudos ficarão retidos.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo