Sociedade

Prejuízos com as chuvas no Rio Grande do Sul passam de R$ 10 bilhões, diz CNM

Maior parcela dos prejuízos está no setor habitacional, com 4,6 bilhões de reais

Chuvas: o estado da BR-116, em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul Foto: Nelson ALMEIDA / AFP
Apoie Siga-nos no

Os municípios gaúchos afetados pelos temporais desde o fim de abril já contabilizam mais de 10 bilhões de reais de prejuízos financeiros, aponta relatório da Confederação Nacional de Municípios.

Deste montante, são 2,3 bilhões de reais no setor público, 3,1 bilhões de reais no setor privado e a maior parcela dos prejuízos está no setor habitacional, com 4,6 bilhões de reais.

Até o momento, foram registrados impactos em 106,5 mil habitações. A CNM, que acompanha diariamente a situação, reforça que os dados são parciais, uma vez que as gestões locais ainda enfrentam diversas dificuldades para inserir as informações nos sistemas.

A tragédia já soma 154 mortes confirmadas, de acordo com os dados coletados até as 14h desta sexta-feira.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo