Sociedade

Número de mortes após temporal em São Paulo sobe para 7

Mortes foram registradas em São Paulo (2), Osasco (1), Santo André (1), Limeira (1), Suzano (1) e Ilhabela (1)

Temporal atingiu São Paulo na última sexta-feira. Foto: Enel/Reprodução
Apoie Siga-nos no

A Defesa Civil de São Paulo confirmou neste domingo 5 mais uma morte causada pelo temporal que atingiu São Paulo na última sexta-feira 3. Com isso, o total de mortes chega a sete.

Trata-se de um homem de 58 anos que estava em uma pequena embarcação que naufragou em Ilhabela. Ao total, as mortes foram registradas em São Paulo (2), Osasco (1), Santo André (1), Limeira (1), Suzano (1) e Ilhabela (1).

Por causa do temporal, a população também sofreu com falta de energia durante mais de 12h. As regiões mais afetadas foram as zonas sul e oeste da cidade, segundo a Enel, empresa responsável pela distribuição de energia em São Paulo.

Enem em São Paulo

Todas as escolas em São Paulo que estavam com problema de energia e que recebem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo tiveram o serviço restabelecido, informou o governo do estado.

Os locais que não tiveram religação estão sendo abastecidos por geradores. Não foi informado o número das escolas que funcionam desta forma. No sábado 4 por volta das 21h, 47 ainda tinham pendências.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo